3 tendências do mercado imobiliário 2022

  • 25 de janeiro de 2022
  • Equipe Riva
  • 8 minutos de leitura
3 tendências do mercado imobiliário 2022 Riva Incorporadora

Entre as tendências do mercado imobiliário em 2022 está a maior valorização de ambientes funcionais e de infraestrutura de lazer.

A pandemia de COVID-19 parou o mundo e trouxe muitos impactos negativos. Porém, o outro lado da moeda é que esse contexto levou muitos setores a se reinventarem. Portanto, se você quer comprar seu apartamento em breve, é importante conferir as tendências do mercado imobiliário em 2022.

Sem tempo para ler? Clique no play para ouvir.

Assim, você saberá melhor o que esperar e quais são os empreendimentos com melhores chances de valorização. Continue a leitura e confira as principais informações sobre o assunto!

Como estará o mercado de aluguel de imóvel em 2022?

Para além das apreensões em relação à saúde, a COVID-19 levou os brasileiros a passarem por muitas dificuldades econômicas, especialmente aqueles que pagam aluguel. Durante alguns meses do período mais crítico da pandemia, alguns proprietários suspenderam a cobrança de seus locatários. Porém, essa situação não poderia durar muito tempo.

Assim, as pessoas que precisam arcar com o custo de um aluguel sentem bastante impacto no orçamento familiar — e a tendência é que esse cenário continue. De acordo com dados da Fundação Getúlio Vargas (FGV) divulgados pela Folha, a inflação dos aluguéis está bem acima da variação média.

Em outubro de 2021, por exemplo, o Índice Geral de Preços Mercado (IGP-M) subiu 0,64%, quando a expectativa era de 0,22%. O resultado dessa variação acaba chegando nos contratos de aluguel — segundo a reportagem, um locatário que pagava R$ 3 mil, por exemplo, passa a pagar R$ 3.651 mil devido à alta. 

Como saber a hora certa de comprar um imóvel?

Por outro lado, especialistas têm um consenso de que esse é um bom momento para comprar a casa própria. Isso porque, segundo informações divulgadas no portal Valor Investe, apesar dos aumentos na taxa Selic — referência dos juros do Brasil —, as taxas de juros do crédito imobiliário continuam sendo as mais baixas da história!

Além disso, a alta da Selic não representa um encarecimento imediato do crédito imobiliário. Porém, nos próximos anos, pode acontecer sim um aumento no valor dos juros de financiamentos. 

Assim, o ano de 2022 é estratégico, tanto para quem quer adquirir sua casa própria por um valor mais em conta, como para quem quer investir em imóveis buscando um bom retorno financeiro dentro de poucos anos.

Porém, para sair do aluguel e adquirir o imóvel próprio nos próximos meses também é importante avaliar o momento da sua vida pessoal. Lembre-se de que esse passo exige um bom planejamento financeiro e estabilidade profissional e no orçamento.

Qual a melhor forma de comprar imóvel em 2022?

Pensou bem e acha que esse é o melhor momento para realizar o sonho da casa própria? Então, vale a pena pensar sobre suas possibilidades para essa compra. A aquisição à vista é muito vantajosa devido à inexistência de juros e de uma dívida longa. Porém, tem como ponto negativo a exigência de uma quantia alta de dinheiro de uma única vez.

Já o financiamento imobiliário, apesar de representar um comprometimento de anos com o pagamento das parcelas, tem como principal atrativo a aplicação financeira menor no primeiro momento — é preciso dar uma entrada à vista, porém, atualmente há diversas linhas de crédito com quotas de financiamento de até 90%.

Sem contar que os programas do Governo Federal, como o Casa Verde e Amarela e o Habite Seguro — novo programa para servidores da segurança pública — têm condições facilitadas, incluindo taxas de juros bem abaixo do mercado.

Outra possibilidade é financiar um imóvel na planta. Aqui, você terá que esperar um tempo para ter as chaves na mão (em torno de 24 meses, a partir do lançamento do empreendimento), porém, há a grande vantagem de parcelar a entrada durante o período das obras.

Seja qual for a alternativa mais interessante para você, não deixe de contar com uma incorporadora de confiança e tradição, como a Riva ! Com o auxílio de uma empresa especialista em empreendimentos de qualidade, você certamente encontrará a melhor solução para a sua família.

Quais são as tendências para ter atenção em 2022?

Entre os muitos efeitos da pandemia de COVID-19 está a transformação da prioridade das pessoas no que se refere à compra de imóveis. Afinal, a necessidade de ficar em casa durante as medidas de distanciamento social mudou o nosso relacionamento com o próprio lar.

Hoje, mais do que um espaço de habitação, o apartamento é o local em que buscamos viver bem e, muitas vezes, até mesmo trabalhar. Isso porque o boom do home office tem tudo para se manter, mesmo após a pandemia. Veja como essas questões levam às 3 grandes tendências do mercado imobiliário em 2022!

1. Apartamentos funcionais e mais infraestrutura de lazer

O aumento do tempo passado dentro de casa fez com que as pessoas se preocupem cada vez mais com o conforto no imóvel. Sobretudo devido à consolidação do home office, a necessidade de pensar a distribuição dos cômodos e até a decoração de forma mais funcional se tornou grande.

Por isso, estão em alta empreendimentos que tenham essa preocupação com a funcionalidade, por exemplo, por meio de plantas inteligentes, com um aproveitamento estratégico de espaço. 

No mesmo sentido, as pessoas têm valorizado mais as áreas de lazer dentro do condomínio. Mais do que uma alternativa para relaxar em meio à pandemia e às restrições em estabelecimentos, a infraestrutura de lazer é sinônimo de comodidade, segurança e economia no bolso.

2. Maior uso da tecnologia e menos burocracia

Uma tendência que também foi impulsionada pela pandemia de COVID-19 foi a de digitalização de serviços. No mercado imobiliário, não é diferente! Por isso, é de se esperar que em 2022 haja cada vez menos processos burocráticos sendo realizados presencialmente.

Desde a visita aos apartamentos decorados — que ocorre por meio de tour virtual — até a assinatura digital de documentos. Assim, há otimização de tempo e mais agilidade nos processos de compra e venda de imóveis. 

3. Empreendimentos sustentáveis

Por fim, a sustentabilidade é um assunto cada vez mais em voga no meio imobiliário. Isso porque os problemas ambientais e o aumento da conscientização social acerca da necessidade de preservação dos recursos naturais levam a uma maior demanda por ações sustentáveis por parte de incorporadoras e construtoras.

Assim, os empreendimentos com mais iniciativas desse tipo tendem a ser mais valorizados: lâmpadas com acionamento automático, áreas verdes, uso de materiais recicláveis e redução do desperdício durante as obras são alguns exemplos. 

Gostou de conhecer as tendências do mercado imobiliário em 2022? Como você viu, muitas das transformações vistas no setor se relacionam aos reflexos da pandemia, tanto econômicos como na forma de relacionamento das pessoas com suas casas. 

Se você gostou do post, continue por aqui e confira 3 dicas para você garantir uma casa feliz!


Post Anterior
Confira a lista de todos os documentos para financiar um imóvel
Próximo post
Como é morar em Belo Horizonte?

Receba nosso contato para saber mais sobre como podemos te ajudar a encontrar o imóvel ideal.

  • Hidden
    Sobrenome do usuário (Campo oculto, preenchido dinamicamente após envio)
  • Hidden
  • Hidden
  • Hidden
    Site da Web – Website – URL
  • Hidden
  • Hidden
  • Hidden
  • Hidden
  • Hidden
  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.

Fique tranquilo(a), você não estará assumindo nenhum compromisso com a Riva.