Como comprar apartamento: 10 dicas essenciais

  • 2 de setembro de 2021
  • Equipe Riva
  • 8 minutos de leitura
Como comprar apartamento: 10 dicas essenciais Riva Incorporadora

Comprar apartamento é um passo importante. Por isso, vale a pena ficar de olho nas principais dicas para fazer a escolher certa!

Comprar apartamento é um divisor de águas na nossa vida e acaba sendo um marco importante, que traz uma energia toda diferente e gostosa para o dia a dia. Faz com que a gente reavalie objetos que já nem usamos mais, tenha novos hábitos — principalmente se trocamos de bairro ou região — e passe a ter um tempo ainda mais de qualidade dentro de casa.

Sem tempo para ler? Clique no play abaixo para ouvir.

Com a vida corrida que levamos, o ato de comprar apartamento deve ser muito bem pensado. Até porque, com uma escolha acertada, fica mais simples de a nossa casa se tornar um verdadeiro oásis, no qual é possível se refugiar e ter todo o conforto do mundo.

É por esse motivo que devemos prestar toda a atenção na escolha na hora de comprar o apartamento. O que levar em conta de verdade? Quais são os critérios que vão trazer a certeza de que você fez a melhor aquisição? Continue com a gente para conhecer 10 dicas essenciais que vão dar mais segurança. Vamos lá!

Antes de mais nada, comprar um apartamento novo ou antigo?

Essa opção varia muito. Um apartamento novo está intacto, ainda com aquele cheiro de tinta, e traz um ar de novidade para o dia a dia. Ao optar pelo novo, você pode, por exemplo, comprar na planta, com um preço mais acessível e a possibilidade de fazer mais parcelas.

A ideia de comprar na planta ainda permite que você vá economizando e pensando na decoração passo a passo, para estar tudo pronto na hora da mudança. Uma pequena desvantagem pode ser o fato de que você precise colocar guarda-roupas e armários, mas nada que uma pequena organização não dê conta, certo?

Em compensação, o apartamento antigo já está pronto para sua mudança. Entretanto, há alguns pontos que você deve avaliar, entre eles:

  • a necessidade de reforma, assim como o tempo e os recursos financeiros que ela vai levar;
  • a questão de você poder se mudar de uma vez ou ter que esperar a antiga família desocupar;
  • o fato que ele pode ser mais caro, visto que já está pronto para mudar.

Portanto, pese os dois lados e faça visitas. Colocar os custos na ponta do lápis é importante, mas, além disso, siga para nosso próximo tópico para ter mais ideias!

Quais são os 10 principais pontos para avaliar ao comprar o apartamento?

Além da questão do apartamento novo ou não, existem alguns itens essenciais que precisam estar na sua lista de pontos a serem checados. Os trazemos um a um a seguir!

1. Localização do imóvel

Comprar um apartamento em regiões já bem desenvolvidas pode custar um pouco a mais. Agora, se você opta por um local em desenvolvimento, paga menos e vê seu investimento crescendo em um futuro próximo. Dessa forma, considere as regiões que você mais gosta, visite e entenda quais são as melhores possibilidades.

Uma dica extra é passar pela região em dias e horários diferentes para entender como você se sente nela, ok?

2. Principais vias na região

Um ponto que conta muito é que você não precisa morar em regiões centrais para ficar perto de tudo. Se existirem grandes vias ou acesso fácil a elas, pronto! Você já tem meio caminho andado para chegar aonde precisa.

3. Transporte no bairro

Metrô e ônibus também são uma necessidade, principalmente para quem quer deixar o carro na garagem ou não dirige. Um bom transporte público também faz com que o imóvel se valorize demais, caso esteja entre suas intenções vendê-lo mais à frente e mudar para um novo local.

4. Infraestrutura de telecomunicação do bairro

Hoje, ninguém mais vive sem internet, concorda? Então, antes de assinar os contratos do novo apartamento, é essencial verificar a disponibilidade de serviços na região. Cheque se há fibra óptica e se os principais provedores estão disponíveis nesse bairro.

Uma boa prática é, assim que estiver com os endereços em mente, ligar ou ver pelo site das operadoras se existe a disponibilidade. Isso vai evitar muita dor de cabeça — imagine só mudar para um local com serviços escassos? Além da internet, se você usa televisão a cabo, vale a pena fazer a conferência.

5. Horário que o sol bate no apartamento

Ter a luz do sol batendo diretamente no seu apartamento é um ponto positivo. Tomar um pouquinho de sol dentro de casa é necessário para que a gente fabrique vitamina D — durante a pandemia, mais do que nunca sentimos essa necessidade, certo?

Então, ao comprar o apartamento, verifique se bate luz do sol; e onde. Vale lembrar que a luz da manhã é mais suave e a da tarde pode trazer ainda mais calor ao local — dependendo da cidade, pode ser interessante também investir em um ar-condicionado.

6. Tamanho das janelas

O tamanho amplo das janelas é um ponto positivo porque você tem mais luz natural, o que ajuda a economizar energia no longo prazo. Além disso, traz muito mais ventilação aos ambientes, o que torna a vida no apartamento ainda mais prazerosa.

7. Acesso a bons serviços

Qual é a disponibilidade de comércio nesse bairro onde você vai comprar apartamento, já checou? Supermercados, farmácias, bancos, salão de cabeleireiro, escolas e academias são itens que tornam a vida mais prática, sem a necessidade de ficar enfrentando trânsito.

8. Segurança

A questão da segurança no bairro também deve ser verificada. Deixar de sair de casa por medo não traz mais prazer à nossa rotina, então, fique de olho se há bom policiamento na região e como são as estatísticas de assalto e furto de veículos.

9. Iluminação

A iluminação da região é um ponto que anda de mãos dadas com a segurança. Para aqueles que precisam sair à noite, estar em um local iluminado faz a diferença.

10. Qualidade da construtora

Saber de qual construtora ou incorporadora é esse apartamento que você vai comprar é importante para ter garantias de qualidade. Verifique o que clientes dizem e como estão as redes sociais dessas empresas, certo?

Para comprar seu apartamento, a questão financeira também deve ser levada em conta! Vale a pena fazer investimentos e aplicações que tragam bons resultados, até pensando na compra de móveis e itens de decoração. Outra opção é consultar linhas de crédito ou mesmo vender seu imóvel atual e financiar o restante. Entenda as melhores possibilidades para o seu bolso e dê esse passo importante.

As dicas para comprar apartamento ajudaram? Aproveite e compartilhe-as nas suas redes sociais — elas podem trazer mais clareza aos seus amigos também!


Post Anterior
8 ideias de cores para apartamentos
Próximo post
É possível ter cachorro em apartamento?

Receba nosso contato para saber mais sobre como podemos te ajudar a encontrar o imóvel ideal.

  • Hidden
    Sobrenome do usuário (Campo oculto, preenchido dinamicamente após envio)
  • Hidden
  • Hidden
  • Hidden
    Site da Web – Website – URL
  • Hidden
  • Hidden
  • Hidden
  • Hidden
  • Hidden
  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.

Fique tranquilo(a), você não estará assumindo nenhum compromisso com a Riva.